Natal em Londres e as tradições inglesas

Faz tempo que não passo por aqui (culpe os milhares de eventos de final de ano). Mas não poderia deixar de falar sobre Natal aqui no blog! Na verdade eu, particularmente, estou falando de Natal desde o fim de outubro! Acho que é um dos meus feriados favoritos.

Claro que, para quem mora fora, pode ser uma época ainda mais complicada no quesito saudade, por estar longe da família. Mas, mesmo assim, o que não pode faltar é vontade de comemorar. Ainda mais que Londres tem uma atmosfera mágica no período das festas. Faço questão de ir aos eventos natalinos e no ano em que fiquei aqui, durante as festas, pude conhecer mais de perto como os ingleses comemoram a data.

bpm
Luzes na Oxford Street: como não amar?

Se este é seu primeiro Natal aqui ou se você pensa em vir para cá um dia nesta época, vai encontrar muitas tradições parecidas, mas algumas são diferentes; às vezes, nos pequenos detalhes. Reuni neste post as principais diferenças para você já ir preparando as comemorações:

Contando os dias

O calendário do advento é muito comum aqui. Provavelmente você vai ganhar um (ou vai comprar para si mesmo). Os mais populares são os com chocolates dentro, em que você abre o seu chocolate, a cada dia, a partir do dia 1 de dezembro, até o dia do Natal. Há alguns com cosméticos e produtinhos de beleza, mas se você me perguntar, o de chocolate é bem mais interessante! Só não vale comer mais do que um por dia.

Amigo secreto, literalmente

Um detalhe importante que, se você não souber, corre o risco de pagar mico – aqui a ideia de ter um amigo secreto, é secreto mesmo. Você coloca o nome da pessoa que tirou na embalagem do presente e o coloca em uma pilha junto com outros presentes. Então uma pessoa do grupo se encarrega de entregá-los, e assim, você não sabe quem te tirou e nem precisa falar quem era o seu amigo secreto. Eu não sabia disso e na hora da brincadeira, acabei contando quem eu tinha tirado – até um cartão eu tinha feito, poxa! Os gringos acharam que eu não sabia brincar, e eu achei a brincadeira do jeito deles sem graça!

Entrando no clima

Como já sabemos, é inverno na Europa em dezembro. E se a gente parar para pensar, o clima influencia muito na comida, hábitos e até no nosso humor. Aqui o Natal é para ser curtido dentro de casa, em um ambiente bem aconchegante, perto de uma lareira se possível e usando um Christmas jumper, que nada mais é que um moletom ou blusa de lã com uma estampa natalina – tem até competição de quem tem o Christmas jumper mais criativo. Na hora do jantar, até rola dar uma produzida no look, mas nada comparado ao que fazemos no Brasil.

Esqueça a véspera

Natal na Inglaterra se comemora dia 25 de dezembro. Nada de ceia no dia 24 – aliás, quando eu explico sobre a nossa ceia eles acham o fato de a gente esperar meia-noite para cear super estranho! Aqui dia 24 é dia de você ir para o pub e balada com seus amigos. Dia 25 e 26 são os dias com a família. O dia 26 é o Boxing Day, uma continuação do feriado e dia em que acontecem as mega liquidações por aqui. Para quem vai às compras, é um prato cheio.

O jantar de Natal

A ceia geralmente é servida no período da tarde do dia 25. O peru ainda é tradicional, juntamente com a carne de carneiro. São ingredientes dos típicos roast dinner – um assado com legumes, yorkshire pudding e molho gravy – prato principal das ceias natalinas.

É uma delícia, mas pode melhorar com um toque abrasileirado. Quando fui passar o Natal na casa da sogra, não queria cozinhar porque não tenho a menor vocação para a coisa, mas queria um prato que me lembrasse o Brasil. Apostei na farofa! Eles nem sabiam o que era, mas adoraram. Fica a dica para quem quiser levar um pouco de Brasil para sua família gringa.

Outra dica é não se afobar na hora de comer. Como muita coisa na Inglaterra, tem todo um protocolo para a ceia. Algo bem informal, claro, mas que ninguém come sem fazer antes, é abrir o seu cracker, uma embalagem de papel com estampa natalina, que mais parece um bombom gigante (ok, essa descrição não foi a melhor possível – veja foto abaixo), em que você puxa as pontas para abrir, sempre cruzando os braços com a pessoa que está ao seu lado na mesa.

sp_20161221_211404
Prometo tirar fotos melhores na ceia de Natal na casa da sogra no ano que vem!

Dentro do cracker tem um presentinho, um papel com charadas/piadas e uma coroa de papel. Agora me fala se no Brasil você já ceou com uma coroa de papel na cabeça? Mas a diferença nas tradições está mesmo é nos detalhes, lembra?

E você? Acrescentaria alguma tradição diferente do Brasil ao comemorar o Natal no país em que vive? Tem alguma dica para quem passa a data longe da família? Compartilhe nos comentários!

*Texto originalmente publicado no Brasileiras pelo Mundo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *